Central dos Sindicatos Brasileiros

Diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aparecida de Goiânia toma posse para lutar pela valorização da categoria

Diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aparecida de Goiânia toma posse para lutar pela valorização da categoria

Evento, que aconteceu na sede do Sindspag, contou com a presença de mais de 300 pessoas

Após vitória em pleito eleitoral realizado em novembro do ano passado, a diretoria reeleita do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aparecida de Goiânia (Sindspag), que representa cerca de 10 mil trabalhadores e está localizado na região metropolitana de Goiânia, tomou posse na tarde desta terça-feira (2), em sua na sede, para mandato de mais cinco anos.

O evento reuniu mais de 300 pessoas entre trabalhadores, secretários e políticos, além do chefe do executivo municipal e dirigentes sindicais do estado. Segundo o presidente do Sindspag, Bento José de Souza, popularmente conhecido por Paulo,a valorização dos trabalhadores continua sendo prioridade.

“Vamos continuar lutando pela categoria. Pretendemos manter a luta pelo concurso público e também pelas reparações salariais que foram retiradas pelo último prefeito”, explicou o dirigente, que ainda agradeceu o apoio da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

“A CSB colaborou muito através do nosso companheiro Sandro Jadir, que esteve na posse e fez um discurso belíssimo de apoio ao sindicato e aos servidores públicos. A CSB tem colaborado muito”, complementou “Paulo”, que também é vice-presidente da Seccional Goiás da Central.

De acordo com o presidente da Regional, Sandro Jadir, a entidade terá total apoio da CSB em suas lutas.

“A diretoria tem compromisso com o verdadeiro movimento sindical, com o trabalhismo e com a atuação marcante da entidade, coisas que nós, enquanto CSB, defendemos. Então, nosso apoio será total à entidade, somando forças às lutas da categoria, uma vez que a Central tem característica de defesa ao servidor público. Estamos alinhados com as bandeiras que o Sindspag defende”, finalizou Jadir, que manifestou o enfrentamento das entidades sindicais em relação às reformas trabalhistas e da Previdência aos políticos presentes.

Compartilhe!