Central dos Sindicatos Brasileiros

Reforma da Previdência é alvo de protesto em frente ao prédio do INSS em São Luís (MA)

Reforma da Previdência é alvo de protesto em frente ao prédio do INSS em São Luís (MA)

Mobilização contou com a presença de cerca de 60 pessoas e expôs rostos de parlamentares que são a favor da PEC 287

Para protestar contra os retrocessos da reforma da Previdência Social proposta pelo Governo Federal, a CSB junto às demais centrais sindicais e movimentos sociais organizaram um protesto, em frente ao prédio do INSS, nesta quarta-feira (20). A mobilização, que reuniu cerca de 60 trabalhadores de diversas categorias, aconteceu na capital São Luís, no Maranhão.

Com carro de som, bandeiras e cartazes estampados com os rostos dos deputados que são a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, os manifestantes levantaram a voz em defesa dos direitos históricos dos trabalhadores brasileiros.

De acordo com o segundo secretário dos Trabalhadores na Agricultura Familiar e Cooperativismo, Wennder Robert, que esteve presente na manifestação, o movimento sindical continuará mobilizado e unido mesmo durante o recesso dos parlamentares do Congresso para evitar que os retrocessos sejam aprovados pela Câmara dos Deputados no dia 19 de fevereiro. Segundo o sindicalista, “as centrais e os sindicatos não irão descansar” e continuarão relembrando a sociedade quem são os deputados e senadores que estão contra os interesses da classe operária.

“Estamos de olho. O compromisso da CSB com a defesa dos trabalhadores é permanente no Maranhão e no Brasil. Tanto que mesmo o governo adiando a votação da reforma previdenciária para o ano que vem, nós tomamos a atitude de dar continuidade às mobilizações. Isso porque estamos alertas, unidos e ainda mais fortalecidos”, assegura.

O protesto em frente ao prédio da Previdência Social de São Luís reuniu as categorias dos rodoviários, taxistas, vigilantes, professores, técnicos agrícolas, servidores, agentes penitenciários, entre outras. Ainda no mês de dezembro, os manifestantes também já tinham participado de um ato no Aeroporto Internacional de São Luís para abordar os parlamentares que chegavam ou partiam para Brasília.

Compartilhe!