Central dos Sindicatos Brasileiros

CSB apoia regulamentação de bombeiros civis nos municípios do RJ

CSB apoia regulamentação de bombeiros civis nos municípios do RJ

Filiado à CSB, SINBARJ acompanhou a formatura de 65 profissionais de Petrópolis

Apoiado pela CSB, o Sindicato dos Bombeiros de Aeródromo do Rio de Janeiro (SINBARJ) participou da formatura de 65 bombeiros civis realizada neste domingo (26), na Casa dos Conselhos, no município de Petrópolis.

Conforme explicou o vice-presidente do sindicato, Nelson Santos de Souza, a promotora do curso é uma empresa credenciada privada que “capta pessoas que queiram trabalhar como bombeiros civis nas edificações, indústrias, aeroportos e outros”.

Em outubro, a Central participou da organização de curso capacitação com duração de dez horas para voluntários em desastres naturais na região.

Regulamentação da carreira

A CSB e o sindicato atuam no Rio de Janeiro pela aplicação da Lei Federal 13.425/2017, popularmente chamada de Lei Kiss em referência à tragédia ocorrida na Boate Kiss em 2013, que trata de normas mais duras sobre segurança, prevenção e proteção contra incêndios em estabelecimentos de reunião de público.

“É uma lei federal que manda o estado fiscalizar os municípios. Cada município tem que criar a sua lei de obrigatoriedade de bombeiro civil”, explicou o vice-presidente. A CSB e SINBARJ estão articulando o trabalho de regulamentação nas cidades do Rio de Janeiro. Nesse caso, a categoria poderá trabalhar em estabelecimentos públicos ou privados de grande aglomeração, como shoppings, hipermercados, casas de show e boates.

Na avaliação de Souza, a regulamentação da lei vai ajudar esses bombeiros recém-formados na busca por postos de trabalho.

O presidente do sindicato, Júlio Cesar Santos de Souza, também reforçou o empenho da CSB e disse que a iniciativa vai “fortalecer os sindicatos das regiões”.

Compartilhe!