Central dos Sindicatos Brasileiros

Vice-presidente da CSB diz que nomeação de agentes penitenciários no DF é bem-vinda, mas não é suficiente

Vice-presidente da CSB diz que nomeação de agentes penitenciários no DF é bem-vinda, mas não é suficiente

Governador Rollemberg anunciou decisão nesta quinta-feira (9) em conta de rede social; contratação será feita até o fim do mês

Até o final de novembro, o governo do Distrito Federal vai nomear 200 novos agentes penitenciários. Segundo anúncio feito em rede social pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg, o concurso foi homologado nesta quinta-feira (9). As contratações serão publicadas no Diário Oficial local.

Na avaliação do presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do Distrito Federal (SINDPEN-DF) e vice-presidente da CSB, Leandro Allan, a decisão é positiva, mas não resolve o quadro de funcionários da categoria. “A nomeação dos 200 agentes é muito bem-vinda por nós, mas também fica o sentimento de que o governo não está cumprindo na íntegra os deveres para com o sistema penitenciário porque nós temos 300 cargos vagos para somente 200 nomeações e precisamos que o governo mande para a Câmara Legislativa do DF um projeto de lei com a criação de mais vagas”, analisou.

Segundo nota publicada no site do sindicato, “a grande carência de servidores hoje é um dos principais problemas nas unidades prisionais do DF”.

Apesar do número insuficiente, para o secretário-geral da entidade, Wesley Barreto Bastos, a nomeação “é grande vitória da categoria e do SINDPEN-DF, que demonstra a consolidação de uma carreira das mais importantes para a segurança pública e para o Brasil, que apesar de todas as perseguições e injustiças, continua mantendo o sistema penitenciário do DF como referência para todo Brasil”, disse.

Compartilhe!