Central dos Sindicatos Brasileiros

Entidades e deputados da oposição alinham mobilização contra reforma previdenciária

Entidades e deputados da oposição alinham mobilização contra reforma previdenciária

Reunião foi realizada nesta terça-feira (16) no Plenário 9 da Câmara dos Deputados

Centrais sindicais, confederações, federações e sindicatos reuniram-se na manhã desta terça-feira (16), no Plenário 9 da Câmara dos Deputados, com os parlamentares da oposição Orlando Silva  (PCdoB-SP) e Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), além do ex-ministro Gilberto Carvalho. As partes alinharam uma mobilização contra a reforma da Previdência.

Os deputados pediram que a entidades trabalhem de maneira incisiva nas bases dos parlamentares indecisos e que apoiam a reforma. “A posição da CSB é que esse trabalho tem que ser feito de forma muito responsável, de forma mais contundente levando a informação para os trabalhadores brasileiros por meio dos seus sindicatos”, afirmou o presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias (SINDPEN/DF), Leandro Allan Vieira.

As representações continuarão mobilizadas no corpo a corpo com deputados e senadores e também nas ruas. Além da greve geral realizada no dia 28 de abril, já está marcada para o dia 24 de maio uma grande mobilização das centrais sindicais e dos trabalhadores, em Brasília, contra os projetos da reforma trabalhista e da Previdência.

Manobras para aprovação da reforma

De acordo com o dirigente, outro ponto discutido na reunião foi o uso do cofre público para facilitar a aprovação da reforma. “Ele [o governo] está usando recursos públicos para liberar emendas parlamentares, distribuindo cargos para ver se ganha apoio dos parlamentares indecisos. As centrais repudiam esse tipo de ato”, condenou.

Compartilhe!