Central dos Sindicatos Brasileiros

Manifestantes fecham a rodovia BR 262 no Espírito Santo contra reformas trabalhista e da Previdência

Manifestantes fecham a rodovia BR 262 no Espírito Santo contra reformas trabalhista e da Previdência

Ato reúne servidores públicos municipais e estaduais, além de trabalhadores rurais

Na manhã desta quinta-feira (30), os trabalhadores do Espírito Santo iniciaram uma grande manifestação na região Serrana do Estado contra as reformas da Previdência e trabalhista. Cerca de 2 mil manifestantes que representam os servidores municipais e estaduais e os trabalhadores rurais interditam desde as 7h30 da manhã a rodovia federal 262.

Segundo Jorge Antonio Nascimento,  secretário dos Servidores Públicos da CSB, os trabalhadores brasileiros são o motor da economia nacional. “Nós trabalhadores somos os responsáveis pela movimentação econômica do País. Produzimos alimentos, carros, roupas, móveis, tudo. Estamos lutando pela nossa dignidade e pela manutenção dos direitos trabalhistas. Não iremos permitir que estas reformar propostas pelo Governo Federal passem. Até os caminhoneiros que estão parados na pista estão de acordo com o movimento e acham justa a reivindicação contra a Reforma da Previdência”, afirmou o dirigente.

Os trabalhadores ainda reivindicam contra o Projeto de Lei 4302/98, que dispões sobre terceirização. “A terceirização indiscriminada em todos os setores produtivos irá criar um cenário de retrocessos trabalhistas, pois o trabalhador não terá nenhuma garantia que seus direitos serão respeitados. Estamos vivendo um cenário de muitas inseguranças para os trabalhadores, por isso temos que mobilizar o Brasil inteiro”, avaliou Nascimento. Também ocorre uma manifestação no município de João Neiva/ES no km 202 da BR-101.

Compartilhe!