Central dos Sindicatos Brasileiros

Em plenária, trabalhadores fecham agenda unificada de manifestações contra PEC 287 no Maranhão

Em plenária, trabalhadores fecham agenda unificada de manifestações contra PEC 287 no Maranhão

Ato que aconteceu no Sindicato dos Bancários em São Luís contou com a presença de entidades sindicais, estudantes, movimentos populares e sociais de todo estado

Em plenária realizada na noite da última terça-feira (21), no Sindicato dos Bancários do Maranhão, na capital São Luís, entidades sindicais, movimentos populares, sociais e estudantes fecharam, de maneira unificada, uma agenda de atos contra a PEC 287, que trata da Reforma da Previdência.

A reunião contou com aproximadamente 90 pessoas, que, além de organizarem as manifestações, discutiram sobre o atual projeto da equipe econômica do governo para Previdência.

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), que tem participado de diversos debates e atos contrários à PEC 287, foi representada pelo seu 2º secretário dos Trabalhadores na Agricultura Familiar e Cooperativismo e presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Estado do Maranhão (Sintaema/MA), Wennder Robert Rocha de Sousa.

Segundo o dirigente, o primeiro grande ato programado por esse grupo acontecerá no próximo dia 8 de março em diversas cidade do Maranhão.

“Esse movimento tem importância pelo momento que vivemos na degradação dos direitos do trabalhador, onde todos percebemos que o tema é de grande relevância, pois atinge a todos diretamente. Queremos despertar o interesse de mobilização daqueles que estão alheios ao que vem acontecendo”, falou o dirigente da CSB, que também deve se reunir com deputados do estado.

Além das mobilizações, o grupo fechou uma agenda de divulgação da reforma na mídia, com carros de som, outdoor, cartazes e inserções no rádio e na televisão.

Compartilhe!