Central dos Sindicatos Brasileiros

Sindicatos dos pescadores de seis municípios do Piauí filiam-se à CSB

Sindicatos dos pescadores de seis municípios do Piauí filiam-se à CSB

Central propõe promover seminário voltado à categoria do estado no primeiro semestre do ano

Mais seis sindicatos uniram-se à luta da CSB a favor dos direitos dos trabalhadores, da sustentabilidade e do desenvolvimento nacional, nesta quinta-feira (12), no estado do Piauí. Em reunião realizada na cidade de Madeiro, os sindicatos dos pescadores do município e das cidades de Joca Marques, Campo Largo, Nossa Senhora dos Remédios, Morro do Chapéu do Piauí e Porto oficializaram a filiação à Central após expor a realidade e as reivindicações da categoria nas regiões.

Para o vice-presidente da CSB, Francisco Albuquerque Moura, a parceria com as entidades sindicais é “importantíssima ao fortalecimento das bandeiras de luta dos pescadores, que se sentem solitários em seus combates”. “Eles estão confiantes e satisfeitos com o apoio da Central, porque falta suporte político, financeiro e social nas questões relacionadas ao seguro defeso, à aposentadoria, à busca de melhores condições de trabalho e à maior assistência para as famílias dos pescadores. É por isso que eles encaram a chegada da CSB como mais um suporte para suas lutas”, destaca Moura.

O dirigente ainda ressalta que a Central já inicia esta união comprometida a se posicionar a favor das reivindicações da categoria e estar sempre ao lado de todas as manifestações organizadas pelos seis sindicatos. De acordo com Moura, um seminário voltado para os trabalhadores da pesca do Piauí também será marcado no primeiro semestre de 2017.

“A pesca é muito forte no interior do estado por causa do Rio Parnaíba, que é uma das principais fontes de pesca do País. Sendo assim, nós vamos procurar fortalecer a categoria. Nós estaremos juntos”, afirma.

Estão à frente das diretorias dos sindicatos os presidentes Antonio Hilário (Madeiro), Loura Aguiar (Joca Marques), Francisco das Chagas (Campo Largo), Gilvan Hilário (Nossa Senhora dos Remédios), José Lopes (Morro do Chapéu do Piauí) e o diretor Raimundo Nonato (Porto).

Compartilhe!